Adoramos contar histórias

Como encantar visitantes com a memória empresarial.

Empresas têm suas próprias e fazem parte da história de uma cidade, estado, país ou até da humanidade. 

Ter acervo organizado permite à empresa narrar seu passado, construir seu presente, planejar seu futuro. Mas organizar essa história exige enfoque de museologia. 

A memória empresarial preserva identidade corporativa. E deve não só ser preservada mas contada, exibida. Isso dá sentido de pertencimento aos colaboradores, cria vínculos entre a sociedade e a empresa e seus produtos. Para contá-la, são necessárias técnicas de comunicação e isso pode ser feito de várias maneiras. Já desenvolvemos diversas narrativas para as histórias de nossos clientes. 

Na Toyota fomos responsáveis por fazer pesquisa sobre a história da Toyota Motor Company bem como levantar todo o acervo da Toyota do Brasil para exibi-los no Toyota Visitor Center (em São Bernardo do Campo) por meio de linha do tempo interativa, exposição de peças e carros antigos e estações sobre os marcos das unidades produtivas.

Já na Ambev, temos muita história para contar. A milenar história da cerveja exibimos numa detalhada animação. Já a história da Companhia que se mistura à história da cerveja no Brasil, que teve seu início com a chegada do Rei João IV no país e a abertura da Cervejaria Bohemia, abordamos de muitos jeitos. Seja em linhas do tempo bem como exibindo acervo de peças, maquinários e rótulos antigos. São variadas narrativas que abordam os principais marcos como lançamentos e aquisição de marcas.

No Sebrae tivemos o desafio de amarrar vários pontos importantes da trajetória do empreendedorismo e do desenvolvimento do pequeno negócio no Brasil, presentes em amplo e profundo acervo do Memorial SEBRAE. Também demos uso e visibilidade a ele seja desenhando roteiros de visitas ao espaço ou incorporando a pesquisa/estudo dos marcos nos cursos da Universidade Sebrae.

Deixe uma resposta

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais
artigos